Cirurgia do Nariz

Cirurgia do Nariz

A Cirurgia do Nariz evoluiu muito nas últimas décadas em razão introdução da Videoendoscopia, mas também em razão da melhora da iluminação (xenon) e da introdução na rotina médica de diversos recursos para os procedimentos cirúrgicos do Nariz, como o Laser e a Radio-frequência, diminuindo o sangramento e o desconforto pós-operatório, melhorando o resultado da cirurgia.

A Cirurgia do Nariz pode ser indicada para melhorar a respiração, eliminar infecção ou remover um tumor.

A Cirurgia do Nariz pode ser total ou parcialmente feita via endoscópica, o que permite ao Cirurgião um visão amplificada do local a ser operado e o permite “enxergar” regiões onde seria impossível alcançar a “olho nu”. Como resultado temos uma cirurgia com excelente resultado e mínima agressão ao Paciente, o que se chama de “Cirurgia Minimamente Invasiva”.

Uma vez indicado o procedimento, algumas instruções devem ser seguidas.

A escolha do Hospital é importante porque mais do que uma hospedagem confortável, o Hospital escolhido deve oferecer uma Enfermagem de alto nível e um Centro Cirúrgico plenamente capacitado para um procedimento seguro com equipamentos de primeira linha. Observe ainda se este Hospital apresenta “Certificação” emitida por alguma Instituição nacional ou internacional como a ONA (Organização Nacional de Acreditação) ou a JOINT COMISSION INTERNATIONAL. O Anestesista pode ser próprio do Corpo Clínico do Hospital ou Credenciado no Hospital e escolhido pelo Cirurgião.

Os Exames pré-operatórios visam maior segurança ao procedimento cirúrgico. Nas Cirurgias do Nariz os exames mais comumente solicitados são a Fibronasolaringoscopia e a Tomografia de Nariz e Seio da Face, além de Hemograma Completo e Perfil de Coagulação em razão do risco potencial de sangramento. Podem, ainda, ser solicitados outros exames de acordo com as peculiaridades de cada paciente e sua faixa etária.

O Cirurgião deverá expor detalhadamente o procedimento a ser realizado, seus riscos e expectativas, projetando um período aproximado de recuperação do paciente antes de retornar a suas atividades habituais e prática de exercícios físicos. É solicitado, então, ao paciente, que assine Termo de Consentimento onde essas explicações estarão resumidas.

Finalmente, certifique-se com a Secretária do Cirurgião de que toda a documentação está em ordem, assim como a autorização da Seguradora.

Agora só falta separar TODOS os Exames para não se esquecer de levá-los no dia da cirurgia.

Na véspera da cirurgia procure manter a rotina. Evite “imaginar” como será o dia seguinte. Todas as perguntas já foram respondidas e agora você deve confiar em suas escolhas. Deite-se no horário habitual, respeitando o tempo de Jejum ABSOLUTO de oito horas até o horário previsto para a cirurgia (não tome nem mesmo água no período de jejum). Se você tem medicação indispensável para tomar no período de jejum, pode fazê-lo com nada mais que um “gole” de água.

Programe-se para chegar ao Hospital com antecedência de uma hora e meia em relação ao horário previsto para a cirurgia. Lembre-se de que uma cirurgia demanda um grande número de profissionais que o estarão aguardando no horário programado. No Hospital, após procedimentos burocráticos você será encaminhado ao quarto onde a Enfermeira responsável deverá recebê-lo e realizar um Questionário de Admissão. Em seguida o Anestesista será acionado e o visitará para apresentar-se, avaliá-lo e conferir seus exames. Em alguns casos faz-se necessária a aplicação de uma medicação pré-anestésica com o intuito de diminuir a ansiedade do paciente sem fazê-lo dormir, o que somente ocorrerá dentro do Centro Cirúrgico.

O “maqueiro”, responsável pelo transporte dos pacientes dentro do Hospital, aparecerá para encaminhá-lo ao Centro Cirúrgico no horário programado, onde seu Cirurgião está conferindo instrumental, equipamentos e irá recepcioná-lo. Agora sua ansiedade diminuirá porque você sabe que seu Cirurgião está a seu lado e cuidará muito bem de você!

Após o procedimento o Cirurgião entrará em contato com o acompanhante, quando for o caso, para notificá-lo do término da cirurgia e orientá-lo quanto aos cuidados no pós-operatório.

Ao término da cirurgia você ficará certo período de tempo numa sala chamada de “Recuperação Pós-Operatória” aos cuidados do médico anestesista até que possa ser encaminhado em segurança para o quarto. Você chegará ao quarto um pouco confuso e sonolento, podendo sentir desconforto se o nariz estiver obstruído, o que pode ocorrer por acúmulo de secreções, mesmo sem tampão nasal. Podem ocorrer náuseas e vômitos com um sangue escuro que não deve preocupar pois é o sangue que foi engolido durante a cirurgia.

Até os dois dias seguintes pode ocorrer febre (temperatura igual ou maior que 37,8 C).

Não deve fazer esforço físico, carregar “peso” (filhos pequenos, por exemplo) ou ficar ao sol.

Deve-se manter o ambiente ventilado, sem aquecê-lo em demasia e o banho deve ser rápido e morno (quase frio).

Evite pigarrear, tossir, “escarrar” e, se espirrar, faça-o com a boca aberta e evite “assoar” o nariz ou limpar por dentro o nariz com qualquer objeto como cotonete ou papel.

NÃO TOME MEDICAÇÃO SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA E NUNCA TOME DERIVADOS DO ÁCIDO ACETIL-CISTEÍNA (AAS), COMO ASPIRINA, DORIL OU MELHORAL APÓS CIRURGIA PORQUE PODEM LEVAR A HEMORRAGIA.

DIETA

A dieta será progressiva, de uma dieta leve nos dois primeiros dias, passando a dieta geral à partir do terceiro dia. Evite comida ou bebida quente nos primeiros dois dias.

ATENÇÃO

Em caso de sangramento persistente ou em grande quantidade, com sangue de cor vermelho “vivo” pelo nariz ou pela boca, ligue para o médico e se encaminhe, preferencialmente, para o Hospital onde a cirurgia foi realizada.

MEDICAÇÃO

TYLENOL (paracetamol) em caso de dor ou febre com temperatura igual ou maior que 37,8C a cada 6 horas.

FLUIMARE® OU NASOCLEAN® SPRAY NASAL (solução salina) para limpeza várias vezes ao dia.

NAFAZOLINA ou OXIMETAZOLINA GOTAS NASAIS (descongestinonante nasal) para desobstruir o nariz, aplicando 3 gotas de 3 a 4 vezes ao dia em cada narina por no máximo 5 dias.

Outros medicamentos como antibióticos e antiinflamtórios também poderão ser prescritos por seu médico.

Boa cirurgia !